Aprovado para o período de um ano pela Gilead, ao abrigo do Programa Gilead Génese no âmbito de projetos de iniciativa comunitária, o projeto Acolher teve o seu início no mês de Maio de 2016.

Através deste projeto efetuam-se intervenções junto de imigrantes, que residam, trabalhem ou estudem, no distrito de Coimbra, através de um trabalho de campo direto, com recurso a uma equipa móvel que se desloca junto da população-alvo, recorrendo, sempre que possível a associações de representantes destas populações, privilegiando-se a relação interpessoal e a ativação de redes de suporte primárias, secundárias e terciárias. Ao mesmo tempo este Projeto pretende intervir junto da comunidade em geral no sentido de aumentar a consciência sobre a problemática relacionada com o VIH/ Sida e sobre os processos associados às migrações.

Desta forma, pretende-se criar condições que promovam a diminuição dos riscos de infeção pelo VIH e que promovam ativamente a realização de rastreio e diagnóstico precoce da infeção por VIH/Sida e o diagnóstico de outras IST junto da referida população, bem como dos seus circundantes. A intervenção desenvolver-se nomeadamente através da transmissão de informação específica sobre VIH/Sida e outras IST; promoção ativa e realização do teste de diagnóstico da infeção VIH e de outras IST (Sífilis, Hepatite B e Hepatite C) junto dos indivíduos que compõem a população alvo. Perante a identificação de um portador de VIH procurar-se promover o rastreio de contactos, dando início, dentro do possível, junto daqueles com quem esse indivíduo teve contato; distribuição de material de prevenção; do encaminhamento para estruturas formais de saúde e de apoio social e da referenciação dos indivíduos com resultados reativos no âmbito dos rastreios realizados.

Últimos Artigos

 
 
© 2017 Associação Existências

Please publish modules in offcanvas position.